29mar

Bom dia, gente bonita! Estão sentindo essa vibe muito feliz que minha pessoa se encontra? Espero que vocês estejam bem também! E para deixar essa última quarta de março ainda mais linda a dica de hoje é o filme BrooKlyn (Você pensou que eu ia falar da Bela e a Fera, não é? No final dou meu parecer mas já adianto que também o vi e amei, amei pra caramba!)

Em toda corrida pelo Oscar de melhor filme sempre há aquele filme que não é ruim mas deixa as pessoas com esse tipo de pensamento: O que esse filme está fazendo aí? Filme tal é melhor e mais merecedor de uma indicação.

Brooklyn foi indicado ano passado para a categoria de melhor filme e para outras duas categorias, incluindo a de melhor atriz para a protagonista, e o que eu mais ouvi sobre a lista de indicados era que ele não era péssimo mas comparado às outras indicações ele era o mais fraquinho. Eu o assisti e fiquei tão encantada com vários aspectos que só pensei em fazer um postzinho bem amor aqui no blog.

SINOPSE via FilmowEilis, uma jovem mulher, se muda de uma pequena cidade da Irlanda para o Brooklin, em Nova York, lugar no qual ela se esforça para construir uma nova vida, encontrar trabalho e seu primeiro amor no processo. Quando uma tragédia familiar a leva de volta à Irlanda, ela vive um dilema terrível – uma escolha de partir o coração entre dois homens e dois países.

Pitacos finais:

#Ele é um filme bastante delicado e trata da “imigração” de uma forma bastante bonita.

#A PALETA de CORES! BrooKlyn (Brooklin aqui no Brasil) tem uma paleta de cores e figurinos apaixonantes.

#Saiorse Ronan entregou uma  Eilis espetacular. E você pode até ficar com raiva dela no final (ou não…).

# A mensagem que o filme deixou para mim foi bastante forte. As vezes casa não é o lugar onde nascemos ou nossos familiares vivem e sim aquele lugar em que se pode ser você mesma, e com quem quiser também.

Deixo aqui minha indicação e espero que se vocês assistirem possam gostar também. Ah e sobre o maravilhoso A Bela e a Fera (Não farei post só sobre ele pois já tem bastante informação e notícias sobre ele em tudo que é lugar) eu chorei de emoção, ri demais e para mim o que faz ele ser esse sucesso todo em bilheteria e aceitação é que ele tem esse poder de reconectar adultos com suas antigas crianças. E isso é lindo!

P.S.: Esse post vale entradas extras no Sorteio do Desapego #4. Clique no banner abaixo.

Deixe seu comentário 7 comentários

Veja também os posts relacionados à esse

Comente via Facebook

Deixe seu comentário

7 Comentários

  • Kemmy
    abr 19, 2017

    Eu vejo essa atriz e só consigo pensar em Um olhar do paraíso hahaha não fazia ideia que ela tinha esse nome complicado!
    Enfim, não sou muito ligada em filmes e premiações então não tinha ouvido falar nesse, mas acho que essa mensagem de “onde o lar está” é bem bonita, afinal não somos obrigados a amar o lugar onde nascemos só porque nossos familiares estão por ali.
    Ah, sobre A bela e a fera, é legal ver outros pontos de vista, mesmo que já tenha vários posts sobre o filme

    Beijos!

  • Larissa Dutra
    abr 18, 2017

    Olá, tudo bem? Parece ser um ótimo filme mesmo, fiquei bem curiosa para assisti-lo depois de ver seu post. Adorei a postagem!

  • Kelly gomes
    abr 09, 2017

    Amei , quero ver esse filme

  • Patricia FQ
    abr 04, 2017

    Pelo seu comentário, chutaria que Eilis voltou para América. Parece lindo mas já me vi chorando. Adoro filmes onde a mocinha vai em busca do que a faz feliz, quando assisti o trailer e ela voltou já não gostei, a mãe que deveria ter ido ficar com a filha. Mas né, preciso assistir p/ entender. Bom que já dei como certo o retorno a América, depois assisto e vejo que errei tudo. kkk

  • Roberta Oliveira
    abr 01, 2017

    Achei as cores, o cenário, figurino e maquiagens lindos. A trilha sonora parece boa também, e parece ser um filme delicado.

  • Alana Masselli
    mar 31, 2017

    Deve ser lindo esse filme, vou ver! *-*

  • Halana Santos Silva
    mar 30, 2017

    Todo mundo que assiste, gosta. Pelo menos os que eu vejo comentando sobre.
    Eu não tinha um interesse real… mas to começando ficar curiosa… kk