Posts arquivados em: Tag: E-book

21nov
Bom dia minha gente! Tenho duas novidades hoje que são M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A-S (Um pouco de exagero não faz mal), a primeira é o pré-aniversário do blog com uma edição lindona de Harry Potter e a Pedra Filosofal Ilustrado (Olha a chance para quem não ganhou o primeiro sorteio dessa edição aqui no blog) e a outra é que Pseudônimo Mr. Queen tá na Amazon. Todos correndo pra lá, já! Mais detalhes clique em “Leia Mais” 👇

Continue lendo

Deixe seu comentário 0 comentários
12out

Olá, galera!

Esses dias o blog anda parado pois eu não parei um segundo #vidaqueseguenéh.
E ainda bem que consegui um tempinho livre para vir aqui e atualizar o blog. Gente, o post de hoje já tem um tempo que me coço para fazê-lo, mas ao mesmo tempo eu queria experimentar bem o serviço para não falar abobrinha (mais do que o normal, é claro) e depois de mais de um ano usando o serviço eis-me aqui.

Continue lendo

Deixe seu comentário 7 comentários
01ago
“É melhor ser enganado do que não confiar.”
Helena foi morta num passeio à Saquarema. Seis meses após o assassinato e ainda não existem provas suficientes para lastrear o caso. Cora está desestabilizada com a perda da mãe e a impotência que tem sentido em decorrência disso. Ela está passando por todas as etapas do luto, afastando-se de suas amigas e até do seu pai, Afonso. Sua vida caótica e com uma bandeira hasteada de luto vira do avesso quando presencia uma tentativa de homicídio que põe a vida de Lucas, seu amigo, em perigo. No processo Cora é feita refém por um criminoso enigmático que está disposto a tudo para trazer à luz todos os segredos que rodeiam a morte de Helena. Ela só precisa decidir entrar no jogo.
Entre mentiras, assassinatos e segredos funestos, o obscuro é o lado mais seguro para Cora se aliar. Mas ela precisa decidir qual segredo é digno do silêncio e se estará pronta para desencadear o efeito dominó!

 

Gente!! Férias acabando (sintam a minha dor) e o blog anda mais parado que o normal (Mentira! O blog vive parado mesmo #shame) e resolvi trazer para vocês um mini carimbo rápido desse super nacional que li alguns meses atrás e que me fez ficar eletrizada na leitura e ansiosa pela parte II. Falando nisso, bem que poderia sair essa parte II tipo agora. Néh, dona Alana Gabriela?!?

Continue lendo

Deixe seu comentário 4 comentários
10set
 
Olá leitores!
Que a Bianca Sousa é uma lindeza de autora e pessoa todos sabem (Opaa, não sabe do que estou falando? Dá uma olhadinha nesse post aqui) e como ela não se cansa de ser cuidadosa e talentosa ela criou um casting dos sonhos para os personagens do seu mais novo lançamento: O Canto do Cisne. E a seleção é simplesmente magnífica e só me faz querer que o dia 12 chegue logo para eu poder ler imaginando essas belezuras todas em cada personagem! A seleção é tão perfeita que estou trazendo ela para vocês aqui do Passaporte Literário. Vem comigo se apaixonar mais ainda por esse nacional que promete ser tudo e mais um pouco de perfeito.
Deixe seu comentário 22 comentários
08set

[08 de Setembro de 2015]

Olá leitores!

Essa Guia de Turismo de hoje está simplesmente apaixonante ♥ O Canto do Cisne é o mais novo lançamento da fofíssima e talentosa Bianca Sousa e estou ansiosa para que o dia 12 de setembro chegue logo. Que tal conhecer mais dessa obra que promete arrancar suspiros e encantar muita gente?

Já li o conto O dia que o sol não nasceu e o livro Eterna da Bianca e ela arrasa! Tudo é lindo e cheio de um capricho daqueles. Recomendo tudo que ela escreve e quando eu soube do mais novo lançamento fiquei morrendo de vontade de ler e dia 12 agora essa espera termina e a Amazon irá entregar pra mim meu e-book de O Canto do Cisne.
Sinopse: Elena vê sua vida virar de cabeça para baixo quando espetáculo e vida real se misturam.
Nos palcos: ela interpreta a princesa Odette, de “O lago dos cisnes”, que, enfeitiçada, tem como sina se transformar em cisne todas as manhãs.
Na vida real: tal como ocorre na história que protagoniza, torna-se vítima do mesmo feitiço, e agora precisará encontrar o tal do amor verdadeiro para findar a maldição, sob o risco de perder o papel do espetáculo – e a própria vida.
Olha essa capa?! E essa sinopse? Não tá tudo perfeito? Sou até um pouco suspeita pra falar dos escritos da Bianca Sousa e dela própria pois eu adoro o que ela escreve e ela é aquela autora prestativa, educada e cheia de atenção com seus leitores (Me sinto “a” leitora com ela) e claro que não podia deixar de falar mais um pouquinho dela aqui no blog e indicar o que ela escreve pois são enredos de qualidade e mágicos. Para saber do que estou falando confira minha opinião sobre Eterna aqui.
E agora a melhor parte é que O Canto do Cisne já está em pré-venda e o e-book custa apenas R$ 3,99. Eu já garanti o meu e espero que quem puder garantir, garanta! Você não vai se arrepender e para adquirir em pré-venda por esse precinho maravilhoso é só clicar no banner abaixo.
E para quem vai na Bienal, dia 12 de Setembro a Bianca Sousa estará por lá e desde já morro de inveja de quem vai poder falar pessoalmente com ela. Clique no banner abaixo para ficar por dentro de todos os detalhes da programação de lançamento.
Quem for fala pra ela que a Jhey do Passaporte Literário queria muito estar lá e que deseja todo o sucesso do mundo pra ela.
Fica aí minha dica para essa terça pós feriado. 
Grande beijo e até a próxima.
Deixe seu comentário 22 comentários
09jul

[09 de Julho de 2015]

Passando rapidinho nessa quinta-feira de sol para contar a mais nova notícia sobre Picta Mundi, o livro da Gleice Couto que já encantou muita gente. Agora ele está na Amazon! Isso mesmo, Picta Mundi pode ser adquirido em e-book por um precinho bacana demais. 

Alguns leitores se interessaram pelo livro quando apresentei ele nessa Guia de Turismo aqui. Mas o preço do livro físico não era tão agradável para alguns leitores e muitos não puderam comprar, pronto gente! Seus problemas acabaram. Agora você pode ler Picta Mundi no seu kindle, celular ou computador por apenas R$8,90. E para quem assina o serviço Kindle Unlimited você pode pegar ele emprestado através dele.

Compre aqui.

Para refrescar a memória de vocês termino esse post com a capa e sinopse do livro:

Sinopse: “Já pensou se existisse um universo paralelo dentro de quadros,
repleto de segredos, perigos e aventuras?
Você o enfrentaria por quem ama?
Letícia, sim.”

A vida da jovem Letícia virou de cabeça pra baixo após a morte de Raul, seu pai. Até mesmo o colégio onde estuda, o renomado Dippel – um reduto de jovens prodígios, perdeu a pouca graça que tinha. Mas as coisas começam a mudar quando descobre que o desaparecimento de Felipe, o aluno mais promissor do colégio, e a morte de Raul poderiam estar interligados. Daniel, irmão de Felipe, afirma que Raul pode estar vivo, mas, assim como seu irmão, preso em um mundo paralelo dentro de quadros, Picta Mundi. Ao que tudo indica, porém, Raul desaparecera ao procurar os objetos mágicos que os libertariam daquele universo. Agora, somente Letícia pode ajudá-los. Para isso, terá que entrar em Picta Mundi e, junto com Felipe, procurar por seu pai e reunir os itens mágicos. A tarefa não será nada fácil. Em meio a várias aventuras em quadros que retratam momentos da história do Brasil, como os bailes de máscara do início do século XX ou uma aldeia de índios tupinambás no século XVI, eles terão seus conhecimentos e coragem testados em enigmas, passagens secretas, e confrontos com seres perigosos, liderados pelo maligno Donato, que também está atrás dos itens mágicos, mas com o objetivo de usá-los para o mal: dominar Picta Mundi.

Lembrando que ele também está disponível em e-book na Kobo (aqui), Livraria Cultura (aqui) e o exemplar físico diretamente com a autora (aqui)!

Para saber mais sobre o livro, não deixe de conferir o hotsite dele: www.pictamundi.com.br

Grande beijo!
*Post neutro para o TOP Comentarista*
Deixe seu comentário 22 comentários
16jun
[16 de Junho de 2015]

Hey, leitores! Hoje nossa dica da Guia de Turismo também é nacional e eu só estava esperando meu kindle chegar para começar a leitura do ebook Condenados de Rodrigo Zafra Toffolo. Tenho que admitir que gosto bastante da capa de Condenados, ela é simples e me recorda uma cena, bastante famosa, de um dos meus filmes prediletos. Vem comigo conhecer mais da obra.

Novela literária | Suspense | Produção independente | 40 páginas | 2015

Um casal em crise. Um assassinato brutal. Um suspeito incontestável.
Você acha que já conhece o motivo?

Sinopse: SANGUE SERÁ DERRAMADO – diz o bilhete, em letras garrafais, colocado por debaixo da porta da casa de Fabrício e Vanessa. Acreditando tratar-se de uma brincadeira de mal gosto, Vanessa não leva a sério essa e outras ameaças posteriores. Fabrício, por sua vez, quer encaminhar o caso à polícia, mas é impedido pela esposa. Com o casamento e a relação com os filhos abalados por conta de um segredo que veio à tona depois de anos, e a vida profissional desestabilizada, esse é apenas mais um dos problemas com que Fabrício tem de delicadamente lidar. Mas um grito na
madrugada, e um assassinato dentro de casa, transformam radicalmente sua vida.

A capa me lembra demais a famosa cena da adaptação brilhante de Alfred Hitchcock para Psicose! Adoro a aura de mistério e brutalidade que ronda a sinopse. Como ele tem poucas páginas creio que muito em breve sai minha opinião completa por aqui. Enquanto isso dê uma olhadinha nessa vídeo de apresentação com uma trilha sonora pra lá de dark.

Já tive minha época de viciada em filmes de horror e terror, então fico ansiosa quando encontro algo na nossa literatura diferente dos romances mais comuns. Espero que Condenados faça jus à apresentação. 
Vamos conhecer mais do autor?
Rodrigo Zafra Toffolo nasceu em Santos (SP) em 1984. Formado em jornalismo pela UniSantos, é escritor e roteirista de curtas-metragens.
Desde 2009 vem publicando contos em antologias literárias por editoras como a Androsse a Geração Editorial, e por concursos literários nos quais foi selecionado, como o 2º Concurso Internacional de Contos Vicente Cardosoe o 3º TOC 140, da 8ª Festa Literária Internacional de Pernambuco, dentre outros.
Autor do livro de contos Um dia na vida(2013) e da coletânea de contos e poesias Forjando Mundos(2014). Colaborador fixo no site SAMIZDAT, editado pelo escritor Henry Alfred Bugalho.
Já estou com o ebook em mãos e já dei aquela olhadinha básica e adorei o que o autor fez em cada início de capítulo, são fotos em preto e branco bem interessantes. 
E aí? Ficou interessado(a)? Eu estou bastante interessada em desvendar esse crime.
Sabia que você pode baixar Condenados de graça? Bom demais, não é? Deixo o link para vocês terem acesso a mais informações do autor e seus escritos, garanto que vale o click. Clique aqui.
Por hoje é só e até a próxima.
P.S.: Depois volto com o resultado da promoção do livro No Mundo da Luna.
Deixe seu comentário 23 comentários
11jun

[11 de Junho de 2015]

É amanhã! Ebook de Primeiras Impressões por apenas R$ 2,99. Passei aqui rapidinho apenas para lembrar vocês de não perderem essa promoção imperdível! Então anota ai pra não esquecer, hein. Para quem não conhece o romance eu deixo o link do nosso carimbo + sinopse pra você (Mas, sério! Compre que você não vai se arrepender).

Sinopse: Primeiras Impressões é uma adaptação moderna do clássico Orgulho e Preconceito de Jane Austen. O romance eterno de Lizzie e do Sr. Darcy é situado desta vez entre paisagens paradisíacas do Brasil e cenários surpreendentes dos Estados Unidos, em um relacionamento complexo entre uma carioca sarcástica e brilhante e um político americano de uma família conservadora.
Minha humilde opinião sobre a obra aqui.
Se você ama Orgulho e Preconceito você deve ler.
Se você não conseguiu passar do primeiro capítulo de Orgulho e Preconceito você deve ler.
A autora trouxe os dias atuais de forma brilhante nessa releitura do famoso livro de Jane Austen. Mais que recomendado!
Até a próxima e não se esqueçam de comprar o ebook amanhã.
#Post Neutro para o TOP Comentarista.
Deixe seu comentário 15 comentários
01ago

Bom dia viajantes!

Eu estava “criando confusão com os técnicos do Gmail” quando me deparei com uma mensagem muito legal da Editora Novo Conceito.

Quando eu li esse e-mail, corri para garantir o meu (não, nem todos os livros que eu tenho da Novo Conceito, são frutos da parceria, alguns eu compro SIM!). Achei muito válida a promoção, pois de vez em sempre esqueço de colocar na bolsa o livro que estou lendo e/ou tenho pena de levá-lo e:

  1. Amassar;
  2. Alguém ver e dizer “Me empresta???”;
  3. O dono levar minha bolsa com o livro;
  4. As pessoas ficarem muito chateadas em me verem lendo…
As justificativas são infinitas.
Vocês devem estar se perguntando:  “E COMO EU FAÇOOOO???”. Aqui vão as regrinhas de como adquirir os livros digitais:

• O consumidor que tiver adquirido o livro físico, poderá acessar, via smartphone, o QR Codelocalizado na contracapa de Em meus pensamentos (veja como ler o QR);

• Ao ser acionado, o QR Code encaminhará o leitor a um formulário on-line, onde ele poderá cadastrar-se. Após efetuar o cadastramento, será gerado um cupom de desconto que será encaminhado ao e-mail cadastrado pelo usuário.

• O cupom com 30% de desconto poderá ser utilizado exclusivamente no site da Saraiva, para compra de e-book.

E vocês, curtem ter o livro em qualquer lugar? Então correeeee e aproveita.

Chega de blá blá blá, vou ali ler.
Beijos,
POSTADO POR
Deixe seu comentário 0 comentários
09jul

A notícia já é velha, a Amazon anunciou a compra da rede Goodreads em 28 de março de 2013. De lá pra cá, isso acarretou muitas mudanças. Talvez não tanto no site, mas nos aparelhos Kindle teve novidade.

O Kindle Paperwhite 2nd Generation já veio com o app do Goodreads “de fábrica”. Depois de uma atualização o 1st Generation passou a ter também. Inicialmente era bem fraquinho, mas agora está legal (para a nossa alegria – ou
minha, que tenho um 1st Gen.) e permite coisas como compartilhar citações do livro na rede social, além do Twitter e Facebook.

Dentro de um livro no Kindle Paperwhite, é possível clicar no G no menu superior e acessar uma versão mobile do Goodreads com os updates mais recentes, prateleiras e amigos.

O lado ruim para livro não-oficiais é que os trechos compartilhados não vão com autor ou personagem. Vão como anônimo. Exemplo de como fica no Facebook:

Para os curiosos, é um trecho do livro “Lugar Nenhum”, de Neil Gaiman. Estou gostando muito, recomendo também a HQ.

Resolvi testar um trecho de um livro comprado (mentira, o livro tava de graça) pela Amazon, mesmo que pouco interessante, só para ver como ficava:

Este é de “Scarlette”, uma adaptação do conto da Chapeuzinho Vermelho, pelo que entendi até agora.

Curiosidade: Goodreads quase foi comprado pela Apple antes de fechar negócio com a Amazon. Leia a respeito clicando aqui.

Outros eBook Readers

Não sei muito bem se o Kindle Fire já vem com o Goodreads, mas tem pra baixar na loja da Amazon (aqui), com as mesmas funcionalidades do app para iOS e Android.

Já o Kobo, ficou chupando dedo, pois em agosto do ano passado a API que permitia a sincronização do aparelho com a rede social foi descontinuada. Na época, não havia certeza se seria ou não reinstaurada. Uma notícia do blog da Goodreads aqui.

eBooks pra baixar no site da Goodreads

Não tenho certeza se já existia antes da compra ou não. O fato é que tem. E tem fanfic também. As coisas que encontrei podem ser baixadas nos formatos PDF ePub ou Mobi. Siga o link para a página de eBooks: https://www.goodreads.com/ebooks

Alguns livros, no entanto, só podem ser lidos no próprio site. Outros, possuem apenas trechos, como o caso da Prequência de Harry Potter (mais alguém está curioso?).

POSTADO POR
Deixe seu comentário 1 comentário
Tags: ,
02jul

Imagem meramente figurativa porque a internet ama a Apple. Felizmente o aplicativo existe para mais de um sistema operacional. Infelizmente não chegou no Windows Phone ainda.

Sério, às vezes tenho pena do Windows Phone. Já mexi em um, o sistema operacional é bom, mas é sumariamente ignorado por muitos desenvolvedores.

Estou divagando, no entanto. Vamos falar das diferenças do aplicativo e do site para desktop (a versão mobile é feia e vou fingir que ela não existe).

Algo que acho legal no site é a possibilidade de atualizar o status do livro logo de cara. Não preciso entrar em link nenhum, clicar em nada. Os livros que estou lendo já aparecem na coluna à direita e posso colocar em que página estou ou quantos % já li e fazer um comentário a respeito se quiser. No mesmo canto escolho se quero ou não mandar a atualização pro Facebook. E isso é lindo!

No celular, não é tão lindo assim. Ao abrir o aplicativo, eu tenho muito botõezinhos pra fazer muitas coisas. Mas pra atualizar o status, clico (porque eu gosto de clicar, mesmo sem mouse) em “My Books”.

Aí o app vai carregar as minhas estantes e apresentar a lista. Você poderá então escolher “currently-reading” e abrir um livro.

Depois que abrir o livro, terá que descer até a parte abaixo da descrição, onde tem “Add status update”.

Aí sim você poderá colocar o status do seu livro. Viu quanto clique? Viu que caminho enorme? Disso eu não gosto.

O detalhe é que, mesmo que no caso do site não ter a opção de colocar o livro em porcentagem, o app sempre deixa. O site só permite se aquela edição for cadastrada como e-book. O aplicativo não se importa. Acho que é pra compensar o trabalho que temos pra chegar nessa parte.

Escaneamento do código de barras

Essa é a parte maaaaais legal do app! Lá na parte inicial, a última opção é “Barcode” e é ela que queremos. Ao acessá-la, surgirão as opções de escanear um livro e de escanear vários livros.

Vamos começar com a opção “Scan Many Books”. Enfileire (ou empilhe, you`re the boss) os livros que quer adicionar e selecione onde você quer que eles entrem. No caso abaixo, vai pra estante “read” (lidos) e nenhuma adicional.

Depois de escolher a sua configuração, salve e clique em “Start Scanning” e todos os livros adicionados pelo scanner vão para a estante que você escolheu.
Só pela curiosidade, eis um livro que estaria em processo de escaneamento se eu quisesse escaneá-lo:
Como já tenho na minha estante, deixei quieto. Se você escanear um único livro, o Goodreads vai realizar uma busca no sistema e mostrá-lo para você, aí você decide o que quer fazer com isso:

Certo, mas e pra baixar?

Pra baixar, você pode ir na iTunes Store, se quiser para seu celular ou tablet com sistema operacional iOS, clicando aqui.
Já se seu negócio é Android, clique aqui para ir à Google Play.
Quanto ao Kindle… Falamos mais tarde. 😉
POSTADO POR
Deixe seu comentário 3 comentários
Tags: ,
25jun

Olá! Long time, no see! How are you guys?


Sim, faz muito tempo que não posto aqui. E faz muito tempo que pretendo falar do Goodreads, desde antes de a Amazon comprar a rede.


Minha saudação em inglês tem mais um motivo, além de eu achá-la legal: a rede social só está disponível neste idioma e não há previsão nem intenção, aparentemente, de traduzi-la para outros idiomas. Pronto. Este é o ponto negativo.

Vamos para o ponto neutro, a interface. É estranha, a princípio. Muito diferente do Skoob, com a qual estamos mais acostumados. No entanto, dá pra pegar o jeito rapidinho. Podemos começar a elogiar?

O Goodreads pode não ter sorteios como o Skoob tem (ao menos ainda não encontrei nenhum), mas tem um acervo muito maior, integração com um monte de coisas, disponibilidade de marcar a evolução em porcentagem (ideal para leitores de eBooks) e maior participação dos autores.

Como assim, Fernanda, participação dos autores?

Bom, os autores podem criar perfis no site e você, como usuário que o marcou como favorito, será avisado de entrevsitas e eventos online com aquele escritor ou escritora fantásticos-divinos-oba-oba e poderá participar da entrevista. Desde que em inglês, poderá formular e enviar a sua pergunta.

Já fui convidada para uma com Phillipa Gregory, autora de livros de ficção baseados na História Britânica, sempre através do olhar de personagens femininos, que eu adoro. Mas não pude participar, porque era na hora do meu trabalho…

There’s an app for that.

Algo que eu sempre, sempre, SEMPRE senti falta no Skoob foi um aplicativo para celular. Já cheguei a mandar e-mail perguntando se havia planos, há uns 2 anos, me responderam que era uma possibilidade, mas até agora, nada.

Eis que o Goodreads tem. E o melhor: tem e você pode adicionar os livros pelo código de barras, utilizando a câmera como leitor. E pode fazer multi-adição. Dá pra selecionar em qual estante quer que os livros entrem e sair adicionando toda aquela sua compra fabulosa de 1.283 livros e quadrinhos que chegou semana passada.
(Ah… o sonho de ter dinheiro e espaço para realizar esta compra… E tempo de vida para ler tudo… *sigh*)

Usuário multinível

Parece aquelas coisas de pirâmide, né? Bom, não tem dinheiro nenhum envolvido. Só um aproveitamento descarado da nossa compulsão por organização digital. Mas não é um emprego.

Tô colocando a carroça na frente dos bois.

Bom, você se cadastrou, conectou todas as suas redes sociais, tá lá bem feliz adicionando seus futuros livros e… Vê que não tem um deles. Ok, não tem problema. É só cadastrá-lo. Você pode. Mas aí você vê que cadastrou como um novo livro e não como uma edição em português do original. E descobre que não tem acesso para combinar as edições. E agora?

Agora, o bibliotecário (ou librarian) poderá fazer isso para você. Existe um tópico no forum do Goodreads onde você poderá pedir para combinar a edição com o trabalho original e os bibliotecários farão isso. Ou ainda: com um pouquinho de conhecimento de inglês e paciência para responder um pequeno dicionário, você poderá se tornar um bibliotecário e sair organizando a bagunça que os reles usuários comuns fazem! Como librarian, poderá também adicionar as capas que estão faltando nas edições e mais algumas outras pequenas alterações.

Ainda tem o nível super-librarian, ou super-bibliotecário, que ainda não olhei o que faz. Também não tive muito interesse. Como bibliotecária, posso fazer todas as edições e organizar todas as bagunças que tive necessidade até agora.

Como este post está enorme já, falarei mais da rede em outro. Até quarta!

POSTADO POR
Deixe seu comentário 1 comentário
Tags: ,
1 2 3